Cartilha Antipirataria

Clique aqui, para ter acesso ao conteúdo da Cartilha Antipirataria lançada pela CBDL em setembro do ano passado. Com texto simples e objetivo, a cartilha responde o que é, e como reconhecer um produto pirata. Além disso, informa sobre as consequências para quem pratica estes atos e o que fazer para denunciá-los.

 

 

Malária pode ser diagnosticada pelo hálito ou respiração, de acordo com estudo

Diagnosticar a malária pela respiração ou hálito de uma pessoa infectada já pode ser possível, de acordo com estudos da Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation (CSIRO), da QIMR Berghofer Medical Research Institute e da Universidade Nacional da Austrália. O estudo foi publicado no Journal of Infectious Diseas.

Segundo os cientistas, algumas substâncias químicas foram detectadas a partir da respiração dos pacientes com malária. “O interessante é que o aumento desses elementos químicos estava presente nas fases iniciais da infecção, quando muitos outros métodos não teriam sido capazes de detectar o parasita no corpo de pessoas infectadas. Além de sua potencial melhor sensibilidade, a respiração humana oferece uma alternativa atraente aos exames de sangue para o diagnóstico da malária”, explicou Dr. Stephen Trowell, do Grupo de Pesquisa do CSIRO.

Os pesquisadores, por meio de um instrumento analítico, identificaram compostos com a substância enxofre, o que provoca um odor forte, porém imperceptível aos humanos, na respiração dos pacientes.

Os cientistas agora estão colaborando com pesquisadores de regiões endêmicas para comprovar os elementos químicos presentes na respiração dos infectados. (Com informações do portal Labnetwork - 23.4.15)